Site Overlay

Por que alguns jovens já têm cabelos brancos?

Conforme você envelhece, sua aparência muda naturalmente. Os primeiros cabelos grisalhos nem são perceptíveis para as pessoas. Claro, eles são um importante sinal de envelhecimento para homens e mulheres, mas na maioria das vezes, isso não afeta as pessoas de maneira negativa. Para as mulheres, é chamado de “ciclo feminino”, pois durante a menstruação seus cabelos ficam mais quebradiços e menos atraentes. De acordo com o cientista chinês Tao Hongjun, da Northwestern Polytechnical University Beijing, ele vê isso como um fenômeno natural.

Para grande parte da população, o primeiro cabelo grisalho aparece a partir dos 35 anos. Mas não é incomum ou incomum que jovens adultos na faixa dos 20 anos já tenham uma aparência levemente grisalha. As razões podem ser genéticas, habituais ou mesmo ambientais.

YAMASAN/ISTOCK | MANUEL-F-O/ISTOCK

É normal ter cabelo branco na juventude?

O envelhecimento é um processo natural que acontece com todos. Não é algo que podemos controlar.

Aqueles que experimentam cabelos grisalhos antes dos 30 anos provavelmente carregam uma alteração no gene IRF4 que faz com que os cabelos grisalhos apareçam prematuramente. O gene é responsável por regular a produção de melanina e, assim, dar cor ao cabelo. Vale lembrar que a modificação genética não oferece nenhum risco à saúde.

Além da genética, fatores externos também podem ser responsáveis ​​pelos cabelos grisalhos em pessoas mais jovens. Estudos já comprovaram que problemas emocionais, como estresse, poluição e exposição excessiva ao sol, além de má alimentação e distúrbios da tireoide podem levar a cabelos grisalhos.

Em geral, as mulheres tendem a tornar os cabelos brancos por volta dos cinco anos depois dos homens. Nos caucasianos, os cabelos grisalhos tendem a aparecer entre os 35 e 45 anos, em contraste com os orientais, que percebem a mudança entre os 45 e os 55 anos, e nos negros, que normalmente não têm cabelos brancos até depois dos 55.

Por que alguns bebês nascem tão cabeludos e outros carecas? Entenda

FAMVELD/SHUTTERSTOCK | OPOLJA/SHUTTERSTOCK

O corpo humano é um sistema complexo. O cabelo em nosso corpo não está lá apenas para estética, ele nos ajuda a regular a temperatura e manter o equilíbrio dentro do corpo.

No entanto, em certos casos, o cabelo em nosso corpo cresce em padrões aleatórios. Isso é conhecido como alopecia areata ou síndrome do “bebê peludo”. Alguns bebês nascem com essa condição e outros perdem o cabelo no início da vida como resultado de condições genéticas, como albinismo ou tricotilomania (puxar o cabelo compulsivo).

Não há como saber se os bebês serão carecas ou peludos até que nasçam. Esse detalhe é uma das características que fazem parte da constituição de cada pessoa, por isso é pouco provável que se possa prever com certeza se o bebê vai nascer grande ou pequeno.

O fato não tem nada a ver com ele fazer a saúde materna. mãe, ou quaisquer sintomas de gravidez, ou se a gravidez é de menino ou menina.

Motivo para o bebê nascer careca ou cabeludo

ALEJANDRO RIVERA/ISTOCK

Tem tudo a ver com genética, pois o resultado do sequenciamento genético de cada pessoa é influenciado pela combinação dos genes de dois pais e quatro avós.

Tanto que mesmo no nascimento há muitas variações nas características entre irmãos. A cor e o tipo de cabelo – encaracolado ou liso, fino ou grosso – variam dependendo se o bebê é mais próximo da mãe ou do pai.

Um bebê nasce careca ou peludo. A razão para isso é que os folículos pilosos da mãe não produzem melanina suficiente para cobrir o bebê. A falta de melanina significa que o cabelo, que normalmente cresce a uma taxa média de cerca de um centímetro por mês, não cresce tão rápido e, portanto, não cobre o bebê.

MONKEY BUSINESS IMAGES/SHUTTERSTOCK

O cabelo está associado à proteção do couro cabeludo e essa função só é necessária após o nascimento, mas há crianças que ficam sem pelos ao longo do primeiro ano de vida.

O tempo máximo para o aparecimento do cabelo é de até final do segundo ano. É muito raro que isso não aconteça, mas pode ser uma deficiência do bulbo capilar conhecida como alopecia.

HTEAM/SHUTTERSTOCK

Como o cabelo teoricamente serve para proteção, eles não são necessários no útero, pois o bebê não passa frio lá, sua temperatura interna é constante. No entanto, o mito de que o bebê peludo da mãe causa azia também é falso.

O que acontece é que ao nascer, quanto mais jovem ou prematuro for o recém-nascido, mais para baixo ele terá. Com 40 semanas, a pele do bebê costuma nascer mais escamosa porque seu ciclo de formação já terminou. Isso também acontece no couro cabeludo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

catorze + três =